Experiência que oferecemos

Oferecemos estrutura para uma experiência de autotransformação. Ao explorar e descobrir a mais fundamental das questões, “Quem sou eu?”, desenvolvemos um senso de autodomínio que nos permite controlar nossas vidas. O jogo de acusações acaba. Uma profunda consciência espiritual abre, gradativamente, a jaula de ilusões. Recuperamos a responsabilidade de criar nossas próprias vidas. O presente torna-se um verdadeiro presente, uma dádiva. 

Fazemos isso ao nos aprofundar em quatro áreas de estudo:


O estudo do conhecimento espiritual

* As verdades universais relativas à natureza da alma e de Deus, e o impacto de um relacionamento próximo entre os dois, criam um contexto para nosso empenho espiritual. Esse entendimento ajuda-nos a controlar o fluxo de experiências que chamamos de vida. 

A prática da meditação Raja Yoga

* É um processo passo a passo que nos ajuda a focar na nossa profunda força potencial interior, que começa então a se desenvolver e a se expandir.


Ao pensar menos e com mais poder, começamos a sentir nossa própria grandeza. 

* Nessa meditação, percebemos como o silêncio é o verdadeiro portal para o contentamento. Ele nos leva para um mundo de quietude como se pressionássemos o botão de pausa no filme da nossa vida temporariamente. 

* Ajuda-nos a controlar o tempo. Quanto mais tempo eu der ao silêncio, mais o silêncio me dará o tempo. 



A assimilação consciente de virtudes

* Através disso, aprendemos que a verdadeira espiritualidade é ser capaz de praticar virtudes em circunstâncias adversas. Isso intensifica nosso autorrespeito. 

* Aprendemos a controlar e compreender a energia do amor – dando-a em vez de tomá-la. 

* Naturalmente estamos focados em nossas próprias virtudes e nas dos outros em vez de nos defeitos. Assim os relacionamentos são curados. 

Servindo os outros espiritualmente 

* A consequência natural, ao compreender as verdades espirituais, ao praticar meditação Raja Yoga e ao assimilar as virtudes, é o desejo de servir os outros. Servir é a nossa vocação mais elevada e isso nos oferece um novo senso de propósito. 

* O serviço espiritual para os outros implica em ajudá-los a manter sua autonomia e tomar suas próprias decisões. Trata-se de fortalecê-los de modo que vejam o amor, a paz, a felicidade como seus verdadeiros tesouros na criação dos seus mundos interior e exterior.